A enclavar desde 2005

«São meus discípulos, se alguns tenho, os que estão contra mim, porque esses guardaram no fundo da alma a força que verdadeiramente me anima e que mais desejaria transmitir-lhes: a de se não conformarem.»
Professor Agostinho da Silva





29 julho 2006

Ora aí está

"Enquanto o meu patrão fizer de conta que eu ganho muito, eu faço de conta que trabalho muito."

Recebido por E-mail

22 julho 2006

21 julho 2006

Jardel: "Prometo golos"


A ver pelo estado em que estava na apresentação, já começou a cumprir a promessa e a mandar alguns golos.

Zinedine

Deve ser um grande problema para o Zidane o facto ter apanhado 3 jogos de castigo.

Vai estar 3 anos sem poder jogar o solteiros-casados lá da aldeia!

(Ó FIFA.... que parte de "ele deixou de jogar futebol" é que vocês não perceberam??!!)

17 julho 2006

ELES VOTAM !

Hoje numa pizzaria, reparei num homem que estava a fazer o pedido de uma pizza para levar na viagem.

Ele disse que ia viajar sozinho e a rapariga perguntou-lhe se ele preferiria que a pizza fosse cortada em 4 pedaços ou em 6.

Ele pensou durante algum tempo antes de responder. "Corte só em 4 pedaços, acho que não estou com fome suficiente para comer 6 pedaços."

Isso mesmo..., ele também vota!!

16 julho 2006

Justiça comparada

A justiça desportiva italiana determinou que:
- A Juventus desce de divisão e começará o campeonato com menos 30 pontos, para além de lhe serem retirados os dois últimos títulos de campeã nacional.
- A Fiorentina desce de divisão e vai começar o campeonato com menos 12 pontos.
- A Lázio foi remetida para a segunda divisão e iniciará o campeonato com menos 7 pontos.
- O Milan mantêm-se na divisão principal, mas são-lhe retirados 44 pontos no campeonato que terminou, remetendo-o para a 8ª posição e portanto ficando de fora das competições europeias. Iniciará o próximo campeonato com menos 15 pontos.
- Vários dirigentes de clubes, federativos e árbitros foram igualmente sancionados com vários anos de suspensão de funções.

- Em Portugal o caso «Apito Dourado» não teve qualquer consequência (ou sequer investigação) por parte das entidades federativas, e o sistema judicial, em dois anos, não conseguiu produzir qualquer resultado concreto.

13 julho 2006

Caso Zidane finalmente desvendado



Agora já se compreende a reacção violenta do jogador. Foi decifrado através da leitura labial o que Materazzi disse a Zidane: "DEUS QUEIRA QUE VAS JOGAR PARA O BENFICA !!"

Coitado do Zidade... foi um insulto intolerável!

Só para deixar a malta corajosa com água na boca...




Então a ausência de "postas" entre 4 e 6 de Julho está justificada por uma incursão à Serra da Freita - Rio Teixeira.

Só me faltavam as asas... (não aceitei, para não me assemelhar a nenhuma ave de rapina).

Aqui vai o grupo de corajosos! Estou orgulhoso de cada um!

Resolver os problemas... como o Zidane


Não sei porque é que toda a gente resolveu criticar o Zidane...O homem é um génio!Não é que ele inventou uma nova forma de resolver todos os nossos problemas do quotidiano?Aqui fica uma bela demonstração.

12 julho 2006

Rigor sazonal

Curiosas são as opiniões de acordo com as quais a proposta Madaíl de isentar os jogadores da selecção é inaceitável porque estamos em crise. Ou seja, se não estivessemos ... Pois foi este rigor sazonal que criou a crise. Durante o tempo das vacas gordas foram atribuidos milhentos privilégios do género, com que todos concordaram porque se estava em tempo de vacas gordas. Mas foi a atribuição desses privilégios que criou o excesso de despesa pública que parasita a economia portuguesa. Lamento, mas a proposta Madaíl é inaceitável por uma questão de princípio. A lei fiscal deve ser geral, abstracta e igual para todos os cidadãos e para todos os sectores. Esse princípio é válido tanto em tempo de vacas gordas como em tempo de vacas magras.

Já repararam que ...

... 100% dos especialistas em igualdade de género que escrevem no Público são mulheres?

PELA PÁTRIA LUTAR, LUTAR...

Alguns alegam que a isenção que Madaíl pede está prevista na lei.

Pois se está prevista na lei, se não é um privilégio, então os jogadores só têm que declarar o rendimento como prémio obtido numa competição internacional na sua próxima declaração de IRS.

Se as Finanças aceitarem, tanto melhor. Se as Finanças recusarem, então podem sempre recorrer aos tribunais.

Em momento algum é necessário fazer pedidos ao governo.

O SÉRGIO NÃO É UM HERÓI DA NAÇÃO

"O Sérgio não defendeu três grandes penalidades, não marcou nenhum golo, as revistas não mostram a fotografia da namorada nem a piscina onde toma banho nas férias, o presidente não o elegeu como modelo do que os portugueses são capazes de fazer. O Sérgio tinha 26 anos, era um professor de música que interrompeu as suas aulas para vestir a farda e ir ajudar a combater um incêndio que um qualquer idiota ateara e que quis ser ele a acompanhar os cinco chileno na companhia dos quais acabaria por morrer. O Sérgio não é um herói desta Nação, o seu corpo não vai ser sepultado ao lado de uma fadista no Panteão Nacional, a sua família não vai receber nenhuma medalha numa cerimónia em Belém ao lado do costureiro de uma qualquer dama da República, o mais certo é que acabe esquecido, enterrado num panteão reservado aos portugueses menores."

Dom Roncinante em curtas mas emocionantes palavras.

10 julho 2006

TÁ CERTO

Quatro incêndios lavram nos concelhos de Guarda, Moura e Sátão, segundo informação do Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil (SNBPC) às 18:55, noticia a agência Lusa.

Confirma-se: o futebol acabou.

OS CULPADOS DA DERROTA

Hoje percebemos que a eliminação da selecção portuguesa nas meias-finais do Campeonato do Mundo foi da responsabilidade de Fernando Meira e Ricardo Carvalho, que não conseguiram arrancar a Zidane uma valente cabeçada, como Materazzi fez esta noite e que valeu à Itália mais um título mundial.

OBRIGADO!!!

03 julho 2006

Para ver e rever

Quem conseguir ver ISTO sem se arrepiar, é Inglês!

Vivam os Tugas!!!


Como vou passar uns dias sem postar (acampado junto ao Rio Teixeira-Serra da Freita), numa de canyoning, deixa-me aproveitar para tirar a barriga de misérias...

Gelsenkirchen


Ganhámos, mas os ingleses não ficaram muito convencidos.

Para eles, a culpa é do árbitro argentino, do Ronaldo português ou do Sven sueco. Ignoram Ricardo coração de leão e nem notaram que o mais perto que estiveram de meter uma bola dentro, foi quando Rooney quase meteu duas no Ricardo Carvalho.

Confirma-se que a falta de Vitor Baía continua a deixar muito boa gente indisposta. Desta vez foram 50 milhões de ingleses.

02 julho 2006

Sócrates não acreditou na vitória da Selecção Nacional

Se acreditasse teria despachado o Freitas depois do jogo, durante a euforia dos festejos, e não antes. Ou então teria esperado pelo jogo das meias-finais ou mesmo da final.

O efeito de cortina de fumo seria muito maior. A mini-remodelação de ontem mostra uma inadmissível falta de fé na selecção nacional.

Sócrates tem muitas explicações a dar aos portugueses...