A enclavar desde 2005

«São meus discípulos, se alguns tenho, os que estão contra mim, porque esses guardaram no fundo da alma a força que verdadeiramente me anima e que mais desejaria transmitir-lhes: a de se não conformarem.»
Professor Agostinho da Silva





31 outubro 2015

Dos acordos à esquerda...

Há para aí uma nova "tróica", não sufragada, que só se reúne às duplas para parecer huna.

Estará o PS unido???

Há cerca de duas semanas, Francisco Assis deu uma notável entrevista sobre o PS e a estratégia de Costa de formação de governo à esquerda. 

Nessa entrevista, Assis disse, preto no branco, que se Costa insistisse num acordo com PCP e Bloco de Esquerda, ver-se-ia obrigado a tomar uma atitude. Agora que a parelha CC (Costa e César) anunciou que o acordo está fechado e o programa do governo das esquerdas será apresentado em breve, onde está Francisco Assis? E que espera ele para se pronunciar?

Será que aguarda saber qual o cargo que terá no novo governo???

A justiça...

Ouço em vários locais que a justiça tem sido demasiado lenta no caso "Sócrates", podia chamar-lhe "operação marquês", mas não sou agente policial ou de justiça.

É verdade! Todos ficávamos a ganhar se fosse mais célere, sem perder a objectividade e transparência.

Acontece que o "ex-44", que sempre mostrou ser manhoso e sabia bem as tramóias que fazia, ter-se-á valido das amizades (foram muitos anos a lidar com malta graúda - não esqueçamos o jantar com Pinto Monteiro, na semana em que foi detido, aparentemente só para lhe entregar um livrinho), para esconder as provas.

O computador estaria em casa da vizinha, os livros na garagem da mulher do motorista, etc, etc, etc.

Aos poucos vamos percebendo os contornos e a dificuldade da acusação, perante uma figura com tantos tentáculos espalhados e crimes de vária ordem, locais e pessoas envolvidas.


Mas entretanto... o Jornal Sol afirma esta semana que mesmo depois de detido, os crimes continuaram...

Mas não se preocupem os seguidores do "querido líder", pois os diligentes advogados já processaram o jornal e os jornalistas.


30 outubro 2015

Chegou o surdo???

A anedota é velhinha: um jovem violinista, ao passear na savana, é atacado por um leão. Não entra em pânico e começa a tocar violino. Estranhamente, a fera pára e fica apenas a ouvir. Aproxima-se outro leão, com intenção de atacar, mas ao ouvir o som do violino, acalma-se e fica também a escutar. Pouco depois, um 3º leão, corre na direcção do rapaz e apesar de este continuar a tocar, come-o sem hesitar. O segundo leão a chegar, volta-se para o primeiro e diz: eu não disse que quando o surdo chegasse, acabava a festa?


Agora que eu já esfregava as mãos de contentamento por cá em casa passarem a entrar mais umas centenas de euros todos os meses (ou pelo menos, até ao próximo resgate), eis que surge o Jerónimo (veio mais tarde, pois deve ter saído do turno da Lisnave) e diz que não sabe de qualquer moção de rejeição conjunta, não vai cumprir o tratado orçamental e não faz ideia do que está a ser acordado entre o PS e o Bloco.

Ou seja, parece-me que os "comunas" vão deitar abaixo o sonho do "Chamuças"...

Por um lado compreendo, afinal para que serviriam os sindicatos? Deixaríamos de ter "manifs"? Nem pensar!!!

O azar de António Costa foi não ter deputados suficientes para com o Bloco chegar à maioria - não basta uma boda, é necessário um ménage à trois.

Como desconfiam todos da higiene/promiscuidade dos restantes parceiros (caso contrário teriam concorrido coligados, ou pelo menos, evitavam ataques ferozes como os que fizeram na campanha eleitoral), parece-me que não chegarão ao Natal entrelaçados.

Quatro minutos, tantas explicações...

video

29 outubro 2015

Estamos nessa!!!


O mundo ao contrário???

Sabemos que o "quase-eng" "ex-44" lida mal com a democracia, disparando contra o jornalismo e contra a justiça sempre que pode. Recordemos o que fez com o Jornal da Noite apresentado pela Manuela Moura Guedes, por exemplo...

Mas agora, há uma juíza que aceitou proibir notícias futuras sobre um determinado tema. Se não sabia o que estava a fazer, é grave. Se sabia, é ainda mais grave. Em qualquer um dos casos já devia ter deixado de ser juíza.


Como pormenor ou "pormaior", a juíza que decidiu a providência cautelar de José Sócrates contra o CM foi nomeada por três anos, em regime de exclusividade, em  2009, durante o governo socialista, Ponto de Contacto Nacional da Rede Judiciária Europeia em Matéria Civil e Comercial.

Mas afinal, a defesa do "ex-44" quis acabar com o segredo de justiça do processo e agora que não há segredo, querem fazer eles o segredo??? Mas então nem havia nada no processo, o que é que eles querem proibir de ser divulgado?


Sem imprensa livre não há democracia. Um ex-primeiro-ministro que se orgulhava de não ter saldos bancários, nem rendimento conhecido, enquanto ostenta um padrão de vida que só ganhos milionários poderiam suportar, tem de ser alvo do escrutínio mediático

Os cidadãos têm o direito de saber se a riqueza tem origem lícita ou ilícita. Seja Ricardo Salgado, Paulo Portas, Dias Loureiro, Armando Vara ou outros.

Aguardo com expectativa a chegada ao poder da esquerda que é sempre tão lesta a contestar o fascismo e o défice democrático. Será que vamos ter uma vigília destas???


Permitam-me que partilhe um conselho ao "ex-44"...

«Não, José, não! Lembra-te que és inocente! Lembra-te que o país precisa saber o que te fizeram, como te torturam, como te aplicaram a lei dos homens, como vilipendiaram um homem adulto que governou um país mas perdeu – acontece a qualquer um – a conta dos milhões impagáveis que deve a um amigo altruísta. Não podes impedir as falsidades de serem publicadas! Depois que irás contrariar nas sessões públicas de esclarecimento sobre a “política e a justiça”? O segredo de justiça é obra do Demo, já sabemos, para quê privar os teus seguidores das inverdades processuais que só abonam ao teu martírio, o martírio que é o de um povo? Entendo que ainda não estejas preparado para a tua crucificação – nunca ninguém está, sugiro algum jejum no deserto – mas livra-nos do Mal, José. Carrega a tua cruz como carregaste o destino do país, ombros para cima, queixo para o horizonte. Seremos muitos, depois, José, quanto te ergueres, como Lázaro e as tatuagens da prisão. Deixa-os gritar “Barrabás”. Tu és a Luz. Tu és a Salvação! Tu és quem acabou com a idolatria por falsos ídolos. Tu és Charlie e a Fernanda também. Deixa-os falar, publicar, escrever. Só assim será teu o reino das sopeiras.»

28 outubro 2015

Para uma mestra, com muuuitos parabéns!!!

Fica uma versão de uma melodia genial de Chico Buarque e letra de Edu Lobo.

DEZ ANOS...

Há exactamente uma década, resolvi criar este espaço. Na época os blogues eram pouco comuns e nem se falava de facebook, ou seja, a internet não estava assim tão democratizada (quer se queira ou não, as redes sociais ajudaram a combater a info-exclusão).

O certo é que quase 400 mil visitas depois, este espaço deixará em breve de ser aberto ao público.

Porque sim, porque 10 anos "à pála" já não foi nada mau, porque me apetece, porque agora já têm o facebook para "cuscarem", porque já aprenderam mais qualquer coisita, porque...

Os moldes em que os interessados em continuar a aceder poderão fazê-lo, ainda estão a ser pensados.


27 outubro 2015

Descubra as diferenças


Memória selectiva???

Os dados relativos à devolução da sobretaxa de IRS têm vindo a ser anunciados desde Março.

A RTP na sexta-feira mostrou uma peça jornalística onde este gráfico constava.

Afinal, já houve quebras grandes nas estimativas, mesmo sem estarmos em pós-eleições.

Nunca nenhum membro do governo disse que seria devolvido o valor X ou Y, apenas que ao longo do ano as estimativas iam apontando um caminho. Pessoalmente, acredito que no final sejam devolvidos cerca de 20%, mas até 31 de Dezembro, as oscilações vão pautando os discursos dos políticos palerma e que vivem do mediatismo e do imediatismo.


Se todos os governos sempre o fizeram, não pode servir de desculpa. 

É intolerável!!!

Aos poucos...

Alguns "bormelhos" começam a responder a mensagens, aparecer nas redes sociais... enfim... estão a sair do coma e apresentam algumas melhoras.


26 outubro 2015

O bom gosto não escolhe idades...




A "pandilha" voltou à tona...




Agora que o "querido líder" já anda por aí a fazer conferências, Costas, Rodrigues, Galambas e a restante "tralha" socrática que colocou o país à beira da banca rota, voltou a ter pujança e não me surpreendia que, uma vez no poder, voltassem a pressionar a justiça, como fizeram deliberadamente no caso Casa Pia / Paulo Pedroso e em outros que envolveram Sócrates, como as escutas destruídas à tesourada do "Face Oculta" e do Freeport.

Ver o ouvir, para avivar a memória...

Boa semana (principalmente aos Sportinguistas) :)

25 outubro 2015

Em 3 palavras...

Limpinho, limpinho, limpinho

Mesmo apenas com 11 jogadores e não uma equipa...

Mesmo apenas com 3 remates à baliza (fará se fossem mais)...

Mesmo contra 14 milhões de adeptos...

Mesmo com um treinador "penhorado" em 14 milhões e um clube em 40 por danos (sabe-se lá de quê)...

Mesmo com caixas cortesia...

Mesmo com telefonemas do presidente doa árbitros...

Mesmo com a divulgação dos contactos pessoais dos jogadores adversários...

Gostei da resposta dada na hora e locais certos!!!

P.S. - só tenho dúvidas sobre o "homem do jogo". Luisão ou Júlio César, pelo lance hilariante que provocaram

O "cagão" do "Jasus" ganhou bem!!!


Mas os jogadores do Sporting não podem começar logo ao intervalo a pensar no próximo jogo, só porque estão num campo fácil e contra uma equipa (ou conjunto de jogadores) fraquinho.

Domingo por cá...

23 outubro 2015

Cavaco, como ele é

Entrou em 5 eleições, tendo vencido todas: 1 maioria relativa, 2 maiorias absolutas e 2 vitórias à 1ª volta (nas presidenciais).

Portanto, de maiorias percebe ele e que se saiba não foram os cães que votaram nele, foram as pessoas!!!

As mesmas pessoas que esperavam dele exactamente o que fez ontem (por isso o elegeram). Sabemos como pensa e o que dele esperamos (quer se goste ou não, é assim!) Não engana, ao contrário de outros políticos que quando perdem não se demitem, ou outros que mesmo agradando apenas a 10% dos eleitores, acham que devem impor as suas ideias ao país.

O que ele fez:
- Indigita Passos Coelho como PM.
- Passa um atestado de irresponsabilidade ao PS.
- Recusa por completo um governo que inclua a esquerda radical.
- Passa a batata quente ao parlamento.
- Fica a dúvida do que acontecerá se a AR chumbar o programa da coligação (a hipótese mais provável), tendo em conta que, neste momento, os seus poderes – os do PR – estão limitados.


Já se viu que a esquerda radical se vendeu (vamos saber a que preço) a quem tanto atacou na campanha eleitoral (e não só).

Já se viu que a responsabilidade e decência do "Chamuças" estão ao nível de invertebrados.

Resta saber como vão reagir os deputados socialistas...

Bastam "meia-dúzia" para que a estratégia caia. Se 8 votarem contra a iniciativa que visa derrubar o governo, ou (se não quiserem ir frontalmente contra tal estratégia), 15 deputados se abstiverem, o governo sobrevive.

Quando votamos em eleições legislativas, elegemos deputados. No distrito de Coimbra, por exemplo, todos os votos na CDU, PAN, Livre, etc... foram para o lixo, pois não elegeram qualquer deputado.

Helena Freitas foi a cabeça de lista pelo PS e já manifestou ser contra a estratégia de Costa. Vamos ver se leva essa posição até ao fim e quantos mais a acompanham...

Quanto ao PSD/CDS, resta-lhe apresentar um programa de governo fiel ao que foi sufragado, com mais algumas medidas de âmbito social, para tentar convencer alguns deputados que votem em consciência e não com umas palas nos olhos.

Para este fim-de-semana...

... melhor de mim!


Foi a primeira que ficou no ouvido, mas há outras igualmente brilhantes...

22 outubro 2015

Estimada Maria...

... Por favor convença lá o seu Aníbal a dar posse ao Costa, mesmo sem sabermos ao certo se será um governo PS com apoio parlamentar da esquerda ou um governo com Jerónimo nas pescas e Catarina na saúde.

Não vejo a hora de ter o meu salário reposto, da minha mãe ter a pensão aumentada e do salário (mínimo) de alguns dos meus meninos passar a 600€.

Afinal era tão fácil e a solução estava mesmo aqui ao lado.

Avante camaradas!!!

Em 2016 será assim, mas nos anos seguintes, após a saída da NATO, do Euro e da U.E., poderemos dar um ferrari a cada português e alcatifar Portugal de lés-a-lés.

Em 2019, nas próximas eleições legislativas, teremos partido único, que vencerá com praticamente 100% dos votos, com uma abstenção baixíssima.

A não ser que... alguns deputados socialistas /bastam 7) resolvam não seguir a orientação do partido, ou alguma zanga entre bloquistas e comunistas azede as coisas, ou os credores internacionais resolvam "fechar a torneira" do investimento, ou... ou...

Mas "enquanto dura, vida doçura" :)





Bem bom!!!


Para hoje...

20 outubro 2015

Antes que termine o dia...

Disseram-me um dia...

... que tenho o dom de fazer com que as pessoas se sintam especiais.

Mas cada um de nós é realmente especial!!!

É especial para o seu pai, mãe, filho, filha, irmão, irmã...

E se também o for para o seu colega, vizinho ou professor???

Há muitos colegas, muitos vizinhos e muitos alunos, mas os meus são especiais por serem meus! Tal como a rosa do "Principezinho"! Só temos que cuidar dela.

Ontem senti-em especial. Aliás, ainda me sinto...

Acordar com um rapazito ensonado a entregar um desenho e uma mensagem "para o melhor papá do mundo", deixa qualquer um cheio de energia.

Mas terminar o dia, após muitas manifestações de carinho, onde cada uma me arrancou um sorriso por me recordar de um ou outro episódio com o(a) autor(a), a ler mensagens que chegaram das mais variadas formas... 

Foram mesmo muitas e cada uma com um lugar especial, mas fica a única escrita por uma pessoa que nunca conheci.

«Feliz Aniversário!!! A pessoas como o João só posso desejar o melhor que a vida possa oferecer. Mesmo não o conhecendo, consigo sentir através dos meus irmãos de coração tudo aquilo que representa a cada um deles. Tenho pena de não ter passado na minha altura. O mundo precisa de pessoas, que marcam diferença. Que consigam transbordar de amor incondicional pelo próximo. Porque nem todos temos a sorte de ter um lar como manda a lei da vida. Mas depois existem estas pessoas como o João, que nos fazem acreditar. São pessoas assim, assim tão preocupadas, assim tão amigas, assim tão próximas, assim tão humanas. Muitas Felicidades !!! Beijinhos Cláudia e Noa»

P.S: - a Noa é a filhota. 

Mas também me senti muito bem por (graças a telefonemas a parabenizar-me) ter percebido que dois manos se amam e se preocupam um com o outro, embora durante anos tivesse repetidamente insistido que falassem do outro como "o meu irmão" e não pelo nome.

De manhã, o mais novo ligou e aproveitou para me pedir que convencesse o irmão a ter juízo e a pensar na vida e no futuro. À tarde, ligou o mais velho e pediu-me que "visto o irmão me dar ouvidos" lhe fizesse ver que o melhor seria seguir um determinado rumo, pois era o melhor para a sua vida futura.

Pode parecer confuso, pois não dou pormenores, mas garanto-vos que quando desliguei o telemóvel e entrei na padaria, a minha felicidade rasava-me os olhos.

É caso para dizer...

"Valeu a pena, mesmo que o fim da história seja aqui!"

Bom dia...

18 outubro 2015

Nem mais

Quem com ferros mata...

Ou muito me engano ou será o próprio PS a impedir que o descarado "Chamuças" chegue a Primeiro Ministro, apesar do resultado miserável (atendendo ao do seu antecessor).

Depois de alguns apoiantes de Seguro serem contra a solução do "Tóino-sempre-em-pé-Costa" se agarrar ao poder como uma lapa, mesmo não tendo atingido qualquer objectivo nas eleições, as vozes influentes no PS vão-se somando e Francisco Assis (eurodeputado), Vera Jardim (figura carismática), Carlos Silva (secretário geral da UGT), João Proença (deputado), Helena Freitas (cabeça de lista eleita por Coimbra), Victor Baptista (ex-deputado e ex-governador civil), Sérgio Sousa Pinto (secretariado nacional), Álvaro Beleza (ex-dirigente nacional), António Galamba (deputado), Seixas da Costa (ex-sec. de estado), Carlos Zorrinho (eurodeputado), Eurico Brilhante Dias (deputado), entre outros...

Agora, temos ISTO!

Esquerda Socialista pede demissão de Costa e quer primárias para a liderança


15 outubro 2015

Hoje, no Brasil, é o Dia do Professor

 

Resultados finais...

... Se não houver contestação.

A coligação PSD/CDS-PP é a força política mais votada com 38,57% dos votos e com 107 mandatos

O PS foi o segundo partido mais votado com 32,31% e 86 mandatos 

O Bloco de Esquerda com 19 mandatos e 10,19% 

A coligação CDU, que junta PCP e PEV com 17 mandatos e 8,25%

Ou seja, a PàF teve mais 6,26% que o PS e mais 21 mandatos. Mas dizem que perdeu.

Faltaram apenas 8 deputados para encher metade da Assembleia.

Confirma-se portanto que PS+BE+PAN ficam com menos deputados que a PàF.

Assim sendo, para ultrapassar os mandatos da PàF, obriga a entendimentos entre PCP, PEV, PS e BE (PSR + UDP + vários outros micro-partidos), o que está bem de ver será facílimo, dadas as "cabeças pensantes" e tantas ideologias diferentes, cada uma com o seu programa de governo.

Ainda assim, há quem considere que foi uma derrota, enquanto os verdadeiros derrotados, esperam constituir governo.

Vai um traçadinho???

14 outubro 2015

O centro das atenções é o maior derrotado

Os eleitores portugueses resolveram que não tivesse maioria absoluta, que não fosse o partido mais votado e que não pudesse atingir a maioria coligando-se com apenas um partido. Mesmo assim, é ele que decide a composição do próximo governo? Poderá ser ele o Primeiro Ministro?

Quando puxou o tapete a Seguro, foi a pensar no partido???

Quando abandonou o "ex-44", foi a pensar no país???

Quando mostra atitudes diferentes com os vencedores das eleições e com os partidos dos 10%, está a pensar em quê???

Em salvar a sua pele, pois ou fica como Primeiro Ministro (e lá arranja "tachos" aos amigos "xuxas"), ou então... tem que convocar eleições internas e... vai andar por aí


O político é um fingidor
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é problema
O problema que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
No problema lido sentem bem,
Não os dois que ele teve,
Mas só o que eles não têm.

E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama coração.

(Mal) adaptado de Fernando Pessoa


Agora com música...



Já repararam na "sondagem" aqui ao lado???

Desta vez é uma pergunta pós-eleitoral --------------»»»»»»»»»»»»»»»»»

Porque gosto!!!

13 outubro 2015

Depois de Taveiro, agora o país Koreano???

Para começar, tenho sempre algum "respeitinho" por pessoas que acham que não é preciso ganhar eleições para governar...

Depois do "presidente Jerónimo" ter dado posse a António Costa, ontem a Catarina decretou o fim do governo, com a autoridade/autoritarismo que se lhe reconhece enquanto futura ministra das nacionalizações, da re-estruturação das dívidas e do novo escudo.


Quanto ao referendo interno no PS, a pergunta será?

Quer ser ministro/secretário de estado/assessor/outro "tacho" qualquer?
- sim
- não

Até hoje, nunca os partidos mais à esquerda mostraram vontade de ser solução, jamais abririam mão dos seus princípios, dos seus valores, de defender o povo e os trabalhadores (cassete).

Mas a questão não passa por eles, antes pelo "Chamuças" que só tem duas soluções...

- Não se coligar com a esquerda e demitir-se devido ao mau resultado eleitoral (travessia do deserto)

- Coligar-se e ser Primeiro Ministro

Mas... para tal era preciso que o maior derrotado destas eleições (PS de António Costa) acabasse como o grande vencedor. Golpe de secretaria???

Alguém acredita que se muitos eleitores soubessem previamente que o PS se coligaria ao PCP e ao BE, continuariam a votar Costa?

Depois de 4 anos a ver o PS chumbar as medidas propostas pela "esquerda radical", uma campanha eleitoral onde o Partido Socialista foi diabolizado pelo PCP e BE, agora é a noiva ideal???

Relembro que quando Guterres ou mesmo Sócrates (no 2º mandato) estiveram no governo, não tinham maioria parlamentar e isso nunca foi suficiente para comunistas e bloquistas se associarem, em nome da estabilidade.

A Constituição apenas refere o seguinte:


Ou seja, é ambígua e deixa nas mãos do P.R. interpretar a vontade do povo.

Se fosse o Cavaco, dava posse ao líder da força política mais votada (que ganhou as eleições) e quando o orçamento de estado fosse a aprovação, aguardaria por uma de 3 possíveis situações:
- PS votava a favor e o governo sobrevivia com acordos pontuais com os socialistas
- PS abstinha-se e o governo sobrevivia com acordos pontuais com os socialistas
- PS votava contra e o governo caía, tendo eleições na Primavera de 2016

Aposto que depois de saberem do que Costa é capaz, os resultados não deixariam a coligação a 8/9 deputados da maioria absoluta... entregavam-na sem hesitar!!!

Das bestas pseudo-desportivas...

Ao que tudo indica, um grupo de energúmenos vandalizou as pinturas num espaço alocado ao rival. Não passam dum bando de boçais para quem o desporto é uma palavra vã.

Sejam de que clubes forem, é assim que os vejo. Não se faz!

Tal como não se faz atirar tochas para os adeptos adversários e outras selvajarias que as claques nos vão presenteando (a do Guimarães incluidíssima).


Quanto ao resto, uma vez mais o Sporting sai prejudicado por ter jogadores na seleção (de Sá Pinto a João Pinto, ambos castigados e prejudicando desportivamente o clube). Desta vez foi o Rui Patrício, não bastava a ausência do William Carvalho que tanta falta nos fez nos jogos com o CSKA...

Depois há ainda a actuação do Bruno de Carvalho na televisão...

O estilo trauliteiro, fazendo lembrar os tempos que o "Orelhas" invadia os estúdios da SIC e incendiava o programa com papéis e acusações...


Todos sabemos que ganhar títulos dá moral e faz ganhar sentido de humor. Quando "Pinto da Bosta" ganhava, também mandava umas piadas giras e parecia sempre calmo. Mas todos sabemos como ele ganhava (fruta...).

Quando não se ganha, estrebucha-se (é assim com o FCP, foi assim com o Vieira e será assim com o "Bruto de Carvalho").

Quando se está na mó de cima, é normal que venha ao de cimo o low profile, pedindo silêncio, apelando ao não-ruído e ameaçando responder nas alturas e locais próprios.

Mas... o Sporting durante muitos anos teve presidentes "mansos" que preferiam andar de bem com "deus e com o diabo". Agora tem um presidente que compra lutas com tudo e com todos, desgastando a imagem. As frentes de batalha são tantas que deverá mandar outros para a luta, sob pena de não chegar a todo o lado e ficar "queimado", apesar de levantar alguns "podres" (não me refiro apenas à "caixa cortesia".

Tentaram que o sorteio voltasse, mas num golpe de secretaria, voltaram as nomeações. Impediram que jogadores emprestados usassem artimanhas para não jogarem com os clubes que lhes pagavam, deram uma chicotada nos fundos (aos olhos da UEFA e em Inglaterra a coisa está a mexer), etc.

Ser-se incómodo é mau e o "sistema" tenta arredar quem não alinha. 

Falinhas mansas não deram resultado, pois a verdade desportiva continua a ser uma utopia.

Vamos ver se vai com denúncias (venham de onde vierem e contra quem seja). Se forem provadas, que se actue. Não fique tudo como no "apito dourado" em que o Boavista e o FCP foram "amnistiados" em vez de serem severamente punidos.

Onde vai parar o futebol português???

Ameaças, injúrias, até um comentador da BenficaTV deseja convictamente a morte ao Pinto da Costa (ver AQUI)!

A justiça não actua (apito dourado, escutas, etc. não dão em nada), depois as pessoas revoltam-se...

Das memórias difusas...

Em casa dos meus avós maternos, num pequeno rádio a pilhas, o som ronfanho lá saía e... parava tudo!

Começava a música dos PARODIANTES DE LISBOA.

Durante algum tempo pensei que eram os "pardiantes de Lisboa", pois dos meus 3, 4 ou 5 anos, não entendia bem a palavra "paródia".

Fica um pequeno registo...

video

12 outubro 2015

Qual será a intenção???

Costa perdeu as eleições!

Não conseguiu maioria absoluta, não foi a força política mais votada e nem ficou à frente do PSD.

Depois da forma como chegou à liderança do partido, só lhe restava demitir-se na noite das eleições, mas os "tiques socráticos" estão lá e a dignidade não é o seu forte.

Agora, anda a alimentar um eventual governo que só será maioritário se juntar o PS com o Bloco de Esquerda e o Partido Comunista. Ou seja, sair do Euro, renegociar a dívida, etc...

Penso que ninguém acredita que tal seja possível, até pelas atitudes do BE e do PCP ao longo do tempo. 

Mas...

Costa faz lembrar os miúdos que quando perdem o jogo ameaçam furar a bola, só porque não querem ir à baliza ou ficar suplente.

O certo é que há muitas pessoas a falarem sobre este tema e a credibilidade do "Chamuças" deve ser "poucochinha". 

Até aposto que se as eleições fossem agora, a coligação PSD/CDS ganharia com maioria absoluta.

P.S. - cada vez há mais vozes dentro do PS a escarnecerem da solução à esquerda. Helena Freitas (deputada socialista eleita por Coimbra), Carlos Silva (líder da UGT), Vera Jardim e tantos outros...

Boa semana

11 outubro 2015

Amanhã... nova corrida, nova viagem...


Dos futebóis...

A UEFA e a FIFA têm os seus líderes castigados/suspensos/acusados (Platini e Blatter).

Todos sabemos que a escolha do Mundial de Futebol para o Qatar, foi tudo menos lógica - aqui entra o dinheiro, e muito!

Todos sabemos que Platini sempre que pode trama Portugal (selecção nacional, clubes lusos nas competições europeias, prémios individuais de jogadores, etc.)

Todos sabemos que há corrupção no futebol, à escala mundial!

Também sabemos que Portugal é um país com elevados índices de corrupção (ex-banqueiros, ex-ministros... presos e é apenas a ponta do iceberg).

Será que a corrupção no futebol mundial e a corrupção em Portugal, não nos farão pelo menos imaginar que haja corrupção no futebol em Portugal???

Provou-se que foi dada "fruta para dormir" (prostitutas) a árbitros, foram pagas viagens ao Brasil, relógios em ouro, etc. Mas nunca vi nenhum dirigente desportivo ou árbitro ir preso! Excepção feita ao Paulo Pereira Cristóvão, mas esse por motivos ainda piores do que a "porcaria" que fez ao serviço do Sporting.

Claro que há corrpção no futebol português! Há e houve nos últimos anos! Uns anos para o FCP e ultimamente para o SLB!

Toda a gente sabe disto! Alguns gritam-no, outros assumem-no publicamente, outros ainda apenas o admitem em privado (entre os correlegionários).

Um jornalista desportivo escreveu o seguinte:

A diferença entre cortesia e corrupção está no princípio...

O Benfica não reagiu oficialmente às acusações lançadas por Bruno de Carvalho sobre as ofertas que alegadamente faria a árbitros, mas fontes do clube já se desdobraram em esclarecimentos destinados a desdramatizar a situação. Que a caixa só tem um custo de produção de 24 euros, aos quais se somam as entradas no Museu Cosme Damião e os jantares no Museu da Cerveja, mas que de qualquer modo o total respeita os limites máximos impostos pela UEFA, que é de 200 francos suíços, algo como 183 euros. Acredito. Mas não me chega. O presidente da APAF, José Fontelas Gomes, apressou-se a vir defender a classe, garantindo que nenhum dos seus membros aceitava ofertas que fossem além dos tais 183 euros. Percebo. Mas também não me chega. Porque a diferença entre cortesia e corrupção não está no valor da oferta mas sim no princípio.

Nunca decidi jogos, como podem inadvertidamente fazê-lo os árbitros, mas sempre tive como muito claro que as minhas responsabilidades como jornalista não me permitiam aceitar ofertas de dirigentes de clubes, jogadores, treinadores ou empresários. E poucos saberão como me era sempre difícil explicar a familiares e amigos próximos as razões pelas quais não podia pedir sequer bilhetes para ir ver este ou aquele jogo, que já tinha lotação esgotada, mesmo que me oferecesse para os pagar – porque do outro lado podia sempre vir uma resposta como o “deixe lá estar isso: um dia destes faz-me um favor a mim”. A verdade é que nunca fiz pedidos desses e que jamais os farei. Porque a última coisa de que precisaria era de que um dia alguém me viesse recordar que uma vez lhe tinha pedido um bilhete para ir à bola, comido um almoço à conta ou aceite uma lembrança. Ora se isso é válido para mim, que – repito – não decido jogos, muito mais devia sê-lo para os árbitros, que com azar até podem fazê-lo.

É verdade que, por tradição, vários clubes fazem ofertas a árbitros há décadas. É uma questão de cortesia, alegam. Mas mais do que ir buscar o limite máximo de euros que a UEFA impõe, o presidente da APAF devia ter sido claro nas indicações a dar aos seus homens: não há razão nenhuma para que essas ofertas, mesmo sendo legais, sejam aceites por agentes que já são relativamente bem pagos para cumprirem as suas tarefas de modo profissional. Da mesma forma que não há razão nenhuma para que os clubes pensem em oferecer aos árbitros presentes cujo valor se aproxima da metade de um salário mínimo. Porque ninguém oferece presentes a juízes do tribunal antes de uma audiência. E porque não se pode bradar pela verdade desportiva, condenar a “fruta” e o “café com leite” e depois ser assim tão cortez com os árbitros. É que às vezes mais vale ser bruto.

10 outubro 2015

Aqui que ninguém nos ouve...

Portugal apurou-se para o Euro 2016, a realizar em França, onde certamente encherá de orgulho os milhões de tugas que lá vivem (bem como nos países vizinhos).

Conseguiu-o num grupo acessível, mas com brilhantismo, sem recorrer à última jornada e à habitual máquina calculadora.

Venceu os últimos 6 jogos, feito inédito.

Claro que pelas redes sociais... nem uma palavra!

Tivessem "escorregado" ou precisassem do último jogo, e seria bonito ler os críticos (que certamente são uns "ases" nos seus trabalhos) a morderem no selecionador e nos jogadores.

O Ronaldo seria particularmente desancado, claro! Mas desta vez não há play-off e não precisamos de exibições épicas como contra a Suécia no apuramento para o Brasil.

Obrigado Fernando Santos e demais rapaziada!!!

Agora, oportunidade aos menos utilizados e boa preparação até 2016!!!

Portugal estará na 9ª competição consecutiva (nas últimas 11, falhou apenas o França'98).

Euros: 2016 França, 2012 Polónia/Ucrânia, 2008 Áustria/Suíça, 2004 Portugal, 2000 Bélgica/Holanda, 1996 Inglaterra

Mundiais: 2002 Coreia Sul/Japão ; 2006 Alemanha ; 2010 África do Sul ; 2014 Brasil

Bom fim-de-semana

09 outubro 2015

Chinesices...

Todos sabemos da durabilidade dos produtos "made in China", mas desta vez abusaram!

Num parque natural, resolveram fazer uma ponte em vidro, por cima de um desfiladeiro com 1000 metros de altura. Duas semanas depois de abrir ao público, o vidro começou a estilhaçar.

Imagino a "cagufa"...

Ler AQUI

P.S. - já os infalíveis alemães também nos brindaram com uns gases excessivos. Aero-om???

Terminaram as vindimas


Começa já este sábado...


O campeonato 2015/2016 e os nossos pequenitos prometem dar o seu melhor.

Vamos apoiá-los e continuar a dar vida a um clube com quase 60 anos de existência.

07 outubro 2015

Do 5 de Outubro...

O feriado que se comemorava referia-se ao acontecimento de 1910, onde a Implantação da República Portuguesa foi o resultado de uma revolução organizada pelo Partido Republicano Português, vitoriosa na madrugada do dia 5 de outubro, que destituiu a monarquia constitucional e implantou um regime republicano em Portugal.

Não podemos esquecer que para que tal fosse possível, 2 anos antes houve um regicídio, onde juntamente com o rei, assassinaram o príncipe herdeiro.

Daí para cá deixámos de ter dinastias, embora alguns clãs se esqueçam disso (Soares, Barroso, Barbosa de Melo...) e a figura maior passou a ser o Presidente da República.

Mas não nos esqueçamos que o regime republicano permitiu 44 anos de ditadura... além de outras "maldades" que os governantes nos têm imposto.

Quanto ao outro 5 de Outubro, o tal que não se comemora e devia ser o dia de Portugal...

O Tratado de Zamora foi um diploma resultante da conferência de paz entre D. Afonso Henriques e seu primo, Afonso VII de Leão e Castela. Celebrado a 5 de outubro de 1143, esta é considerada como a data da independência de Portugal e o início da dinastia afonsina.


Curiosamente, ou não, comemora-se o fim da monarquia e não o seu início, que coincidiu com a fundação de Portugal. 

Salazar deu especial ênfase ao dia 10 de Junho, chamava-lhe "dia da raça", já Soares sempre puxou pelo 5 de Outubro, pois afirmava-se republicano.

Moral da história... para mim, 5 de Outubro faz sentido comemorar quando associado à fundação de Portugal em 1143.





Compreender o conflito Sírio

"Le Monde" faz uma descrição da situação na Síria, que pode ver no vídeo seguinte:



O vídeo dura 5 minutos e para quem gosta de saber o que realmente se passa, vale a pena!




06 outubro 2015

O povo não é, mas o autor da frase...


A superioridade moral da esquerda consegue irritar-me!

Como se fossem donos da verdade, da democracia, da liberdade e todos os que não pensam como eles serão forçosamente fascistas, anti-democratas, pidescos, ricos, não-trabalhadores, etc.

Desde quando é que ser-se de esquerda (a maioria não saberá o que tal significa), legitima a ser-se arrogante ou pedante?

Os tempos vão mudando e que que era, já não será tanto assim. Querem sempre fazer crer que a direita é o Salazar. Felizmente a maioria das pessoas não é parva e sabe bem distinguir.

Pessoalmente, entendo que só políticas com o rigor que a direita costuma conferir (em muitos casos também falha redondamente) impedem que no médio prazo a esquerda seja fundamental para impedir desgraças sociais.

Ou seja, a direita age preventivamente e a esquerda actua depois do mal feito.

Não concordo com um Estado paternalista, mas obviamente defendo um Estado Social com "serviços mínimos assegurados" :)

Percebem porque não me identifico com nenhum partido???

Quem é que pode confiar nesta gente???

Jerónimo de Sousa achou intolerável que Cavaco pensasse convidar o líder da coligação mais votada e simultaneamente do partido com mais deputados, para formar governo.

Tentou atirar com areia para os olhos, ao desviar as atenções por não ter chegado a 20 deputados e a 10% dos votos. De ter sido ultrapassado por um Bloco de Esquerda que mesmo tendo-se fragmentado (Ana Drago, Daniel Oliveira, Joana Amaral Dias, Rui Tavares, LIVRE, AGIR, etc...) conseguiu ultrapassar claramente a CDU, onde até o PAN conseguiu maior votação que o PEV (o tal aliado dos comunistas, cuja Heloísa Apolónia mostra não ter qualquer interesse em defender as questões ecologistas, preferindo o tempo de antena para repetir a "cassete" comuna".


Mas a Catarina Martins, em bicos-de-pés por ter conseguido um resultado surpreendente, embora não ultrapassando 10%, já tem o mesmo discurso.

Então não quiseram assumir compromissos antes das eleições, "desancaram" no PS forte e feio e agora dão a entender que afinal o povo votou maioritariamente neles todos, como se estivessem em uníssono???

Que palhaçada é esta???

A coligação CDU (PCP+PEV), a coligação PàF (PSD+CDS) e o BE (UDP+PSR+...) apresentaram cada uma apenas um programa de governo e foi esse que os portugueses sufragaram no domingo.

Tanto o PS como a CDU ou o BE tinham o seu próprio programa de governo, até antagónico em algumas questões fundamentais - saída do Euro, p.ex. - tiveram o seu próprio tempo de antena, fizeram a sua campanha eleitoral e participaram nos debates individualmente, em alguns episódios, com críticas ferozes.

Agora querem dar a entender que são todos iguais e os portugueses ao votarem num deles, é como se estivessem a votar nos outros todos. Tal é a ânsia de poder...

P.S. - em 2011 PSD e CDS concorreram separadamente e a coligação foi apenas pós-eleitoral, no sentido de assegurar governabilidade ao país, juntando-se o CDS ao partido mais representado na Assembleia da República (PSD), de forma a ter maioria parlamentar. Em 2015 a coligação PàF concorreu enquanto tal, apenas com um programa de governo, fazendo a mesma campanha eleitoral e participando em uníssono nos debates, daí que seja razoável entender-se que foram a força política que mais portugueses escolheram, tanto em votos, como em deputados (de resto, penso mesmo que terão faltado 8 para terem a maioria).

Para quem tiver paciência...

Segue um link onde podem procurar os registos de baptizado (correspondem aos nascimentos), de casamento e de óbito da paróquia de Ribeira de Frades, de 1727 a 1911.

O mais recente (1911) é mais perceptível...

Já o mais antigo requer persistência (com o treino começamos a perceber a letra)

Fica o link AQUI!

05 outubro 2015

Do "Chamuças"...

Fez um discurso no final das eleições que conseguiu ser tão claro como a campanha eleitoral que levou a cabo. 

Ou seja... ninguém percebeu a sua sinuosidade.

Por um lado, parecia que se tinha enganado e estava a ler o discurso previamente preparado para a eventualidade de sair vencedor das eleições. Por outro, parecia que não punha de lado um cargo de ministro. Por outra lado ainda, recusa demitir-se e não tem a humildade de reconhecer a vitória da coligação e o apoio do Tó-Zé Seguro por nunca  ter atraiçoado durante a campanha, mantendo o silêncio. Ficava-lhe bem!

Dos resultados...

O povo português falou, dizendo que a coligação de direita deverá governar, MAS agora com a preocupação efectiva de encontrar acordos e compromissos à esquerda!

Pode ser um perigo, se os políticos (de qualquer quadrante) colocarem os interesses pessoais e/ou partidários à frente dos do país.

Pode ser uma vantagem, para moderar algumas medidas e tentar que as boas ideias de cada partido possam ser efectivamente postas em prática.

Dados:

- A abstenção teima em não baixar! Devia dar que pensar aos políticos...

- Os partidos pequenos (com excepção do PAN) tiveram resultados irrisórios! Unir é melhor que dividir!!!

- A CDU teve mais um deputado, mas continua longe de resultados anteriores e sendo ultrapassada pelo BE, deve repensar caminhos, discursos e lideranças!

- O BE (para minha surpresa) conseguiu recolher os votos de muitos descontentes. Um pouco mais de humildade e poderia aglutinar os pequenos partidos...

- A coligação perdeu votos e mandatos, ainda assim, após 4 anos de medidas impopulares, continuou a ser a mais representada (faltaram 8 deputados para a maioria absoluta), sendo o PSD o partido com mais votos.

Para mim:

- Cavaco não terá dívidas em empossar Passos Coelho, enquanto líder da coligação com mais deputados e do partido com mais votos.

- António Costa depois de ter empurrado Seguro por ter ganho duas eleições (mas foi por margem pequena, como afirmou), não consegue recolher 1/3 dos votos e é o grande derrotado destas eleições. Falhou em toda a linha, até no discurso final, que não foi de derrota assumida, antes mostrando tiques do seu ex-líder e ex-amigo, actualmente em cativeiro.

- Demitir-se imediatamente seria demasiado digno para quem "não tem coluna vertebral" e prefere ser sinuoso com as palavras.

Fica uma imagem de uma eventual profissão no futuro... "quer frô?" Eheheh

Ops! Já me esquecia... parabéns aos animais, perdão, aos eleitores do Partido dos Animais e da Natureza!!!

04 outubro 2015

Comments???

Fica a pergunta... quem terá jantado hoje em casa do "ex-44"? Será que desta vez não manda a foto para os jornais???




Portugal, Portugal...

02 outubro 2015

Churchill terá afirmado...

..."Às vezes é necessário mudar de voto ou de partido, para não ter de mudar de princípios"

Por cá ouve-se dizer "só os burros é que não mudam!"

Já votei em praticamente todos os partidos (dependendo de que eleições se trata , dos líderes partidários e da conjectura da época).

Desta vez, em termos pessoais, no curto/médio prazo, parece-me praticamente indiferente que ganhe o PS ou a coligação, talvez até tenha algumas vantagens financeiras (no curto prazo) com a vitória do PS (mais rápida devolução dos salários e mais rápido desaparecimento da sobretaxa de IRS).

O que me preocupa mesmo é a "ingovernabilidade" que pode sair deste escrutínio ou o que pode resultar de eventuais coligações/acordos.

É que a incerteza (aliar-se a quem quer sair do Euro) no plano económico costuma ser muito penalizadora e o investimento estrangeiro, bem como a confiança dos mercados para continuarem a emprestar dinheiro a juros baixos... são importantes para a nossa débil economia.

Desejo mesmo que Portugal saia a ganhar, pois as ambições pessoais dos políticos, são perfeitamente secundárias!

P.S. - caso o PSD/CDS percam, teremos outra vantagem... a justiça irá "apertar os calos" a uns certos "meninos de coro":submarinos, tecnoforma... que eu gostava de ver investigados seriamente

Apesar de nenhum partido...

...ter utilizado na campanha o facto de o "Ex-44, agora 33" estar preso...

Acho extraordinário que o PS considere que as pessoas se esqueceram de José Sócrates, que gozou em Paris de meios milionários que lhe foram estranhamente concedidos por um amigo empresário, enquanto o país sofreu os fortes apertos consequentes da bancarrota criada pelo mesmo inconsequente, que na hora do anúncio da calamidade começou por se preocupar com o ângulo narcísico da filmagem! (Ó Luís, fico melhor assim ou assim?)

Em Abril de 2011 as capas dos jornais eram assim:

Desvantagem do PS nas últimas sondagens

Intercampus: -4,3%

Aximage: -8,5%

U. Católica: -6%

Marktest: -5%

Eurosondagem: -11%

Será que afinal ainda resta alguma memória ao povo português???


Se os socialistas se enganaram claramente na escolha de António Costa para liderar o PS, por que estranha razão pretendem impor o seu engano à totalidade dos portugueses?

Quase a encerrar a campanha eleitoral...

Ficam os resultados da "sondagem" aqui do "tasco":

Abster-se - 1 (1%)

Votar em branco - 13 (16%)

Votar nulo - 2 (2%)

Ainda não sabe - 3 (3%)

Votar PSD/CDS - 16 (19%)

Votar PS - 42 (51%)

Votar CDU - 3 (3%)

Votar BE -  0 (0%)

Votar noutro partido - 1 (1%)

Não acreditando eu que alguém se desse ao trabalho de entrar com vários IP para falsificar o resultado de uma brincadeira como esta, fico muito satisfeito por conseguir atrair tantos socialistas a um espaço onde alguns dos seus líderes (Soares, Sócrates, Costa) são tantas vezes criticados. 

Masoquismo ou necessidade de se purificarem, lendo outros pontos de vista???

P.S. - o que eu me divirto...

Mas a minha diversão é pouca quando comparada com os convivas que no jantar em Coimbra estavam tão empenhados na conversa com o Costa que fizeram o que não se deve admitir nem às crianças...


Os quatro anfitriões no telemóvel (Rui Duarte, Pedro Coimbra, João Gouveia...) e o convidado em modo "SÓ", a olhar para algo em que já não acredita.

Foi este o apoio que lhe deram? Talvez tenha sido o apoio que mereceu... 

01 outubro 2015

Antes que acabe o dia mundial da música...


Não me esqueci!!!

Abrir a janela do quarto e ter esta vista...




Previsões aqui do "tasco"

Os canais de televisão, as rádios, os jornais... estão cheios de pessoas que falharam todas as previsões dos últimos 5 ou 6 anos. Que tínhamos de reestruturar a dívida, que seria necessário outro resgate, que a coisa não iria lá, que a coligação se iria desfazer, que o Costa iria ganhar limpinho, e têm falhado em tudo. Mas a comunicação social tem continuado a apostar nas mesmas pessoas para informar os seus ouvintes ou leitores; é fabuloso! 

Por tudo isto e por ter acertado alguma coisa em 2014...

Cá vão as minhas:
PàF - 38 - 42% (+/- 102 deputados)
PS - 34 - 38% (+/- 98 deputados)
CDU - 8 - 10% (+/- 19 deputados)
BE - 6 - 8% (+/- 9 deputados)
PDR - 1-3% (1 deputado)
LIVRE - 1-3% (1 deputado)
AGIR, PAN e outros - 0-1% (0 deputados)

Nota: Estava a brincar!!! O PS vai ganhar as eleições, mas sem maioria absoluta. Quanto aos restantes resultados, devem ser próximos do que coloquei acima

Como se sondam as sondagens? Com sonda gástrica? A publicação diária das sondagens mostra que as TV's, rádios e jornais/revistas, entraram numa espiral suicida coletiva.

Há resultados tão divergentes que deixam adivinhar que alguém não está a fazer bem o trabalho e está enganado e, finalmente, pela primeira vez, as redes sociais estão a ser objeto de monitorização e nelas as tendências são muito diferentes (no FB, por exemplo, as tendências estão invertidas).

Estamos confusos e acho que este ano, pela primeira vez, não vou acreditar na previsão dos resultados que são apresentados no dia das eleições. Vou querer contar eu.