A enclavar desde 2005

«São meus discípulos, se alguns tenho, os que estão contra mim, porque esses guardaram no fundo da alma a força que verdadeiramente me anima e que mais desejaria transmitir-lhes: a de se não conformarem.»
Professor Agostinho da Silva





31 dezembro 2010

Feliz 2011


Momentos que marcaram este ano III

Sem dúvida, o pior 11 de Portugal.

É isto!!!

Garanto que me esforcei. Andei mesmo às voltas para tentar escrever um texto optimista para fechar o ano.

Mas com nuvens tão carregadas no horizonte, um balanço realista não pode ignorar a incerteza que o presente projecta sobre o futuro. Não penso apenas na crise económica, penso no ambiente político que vivemos. No sentimento de beco sem saída e na apatia e desistência que vejo à minha volta.

Há um efeito secundário dos escândalos políticos dos últimos tempos. Talvez mais subtil mas não menos perigoso. Semelhante ao que acontece com as catástrofes longínquas que as notícias nos trazem todos os dias: banalizam-se e tornamo-nos indiferentes. Deixamos de reagir a mais um "caso político", tal como nos passa ao lado uma nova tragédia no Uzbequistão.

Com a abundância de "casos" mal explicados, envolvendo membros do Governo e o próprio primeiro-ministro, a desconfiança entranhou-se na vida política portuguesa. Casos como o Freeport ou Face oculta, episódios como a licenciatura ou as casas da Guarda banalizaram-se.
Como estão longe os tempos em que uma simples dúvida sobre a sisa ou uma manta de avião eram suficientes para a demissão de um ministro. Perdemos sensibilidade. Descemos o nosso padrão de exigência.

Fomo-nos tristemente habituando à promiscuidade entre interesses públicos e privados. Vulgarizou-se a ideia de que um partido pode colocar os "seus" em certos lugares nas empresas privadas (PT, BCP, Cimpor) para depois os utilizar como peões de uma estratégia de poder e controlo sobre os media e a sociedade em geral.

Claro que sempre se disse mal dos políticos pelas esquinas e cafés. A diferença é que agora ouvimos o mesmo discurso pelas alcatifas bem cuidadas dos escritórios, bancos e universidades. Generalizou-se entre as elites uma ideia negativa sobre a política.
A vida vai-se fechando num círculo cada vez mais privado. As pessoas cruzaram os braços, estão indiferentes, anestesiadas. Cada um a tratar da sua vidinha. A pensar na carreira. A ganhar dinheiro. O resto não vale a pena, nem justifica "sujar as mãos". Com a crise sobra ainda menos tempo para a vida pública.

A política perdeu espaço, basta ver o alinhamento dos telejornais. E o pouco espaço que resta é para falar dos "casos". Não se vai a fundo acerca de nada. Esta despolitização, este fechamento numa lógica privada é preocupante. Faz lembrar o pior do salazarismo.

A política encolheu e perdeu qualidade. Mais do que a crise económica, este será porventura o pior legado dos governos Sócrates: a apatia generalizada, a decadência da nossa vida pública de que vamos demorar a recuperar.

30 dezembro 2010

Parece que é já amanhã...

A quem recebeu um destes, é favor cumprir as indicações protocolares.

Até tive pena de "voceses"

Qual será a desculpa desta vez?

Um massacre de 15-7 (dobrou como a chouriça) não deve deixar margem para desculpas, mas aguardo pela imaginação...

Momentos que marcaram este ano II

Os túneis, os empurrões, as expulsões dos adversários...

Demagogia socrática

Mas o PM não atacava Passos Coelho por este querer destruir o Sistema Nacional de Saúde?
Obrigar os desempregados e pensionistas a pagar taxas moderadoras é o quê?
Bom, na boca do socialista António Arnaut (criador do SNS), Governo «ultrapassou fronteiras da razoabilidade»

29 dezembro 2010

28 dezembro 2010

Nem as rabanadas me adoçam...

O aldrabão que nos (des)governa, continua a hipotecar as gerações futuras.
Ultimamente anda pela Líbia, China, Venezuela (só não vai pedir à Coreia do Norte, porque esses não lhe passam cartão) a tentar vender a dívida pública portuguesa.
Para quê? Para não dar o braço a torcer e solicitar ajuda à U.E. e ao F.M.I.
Mas acredito que mais cedo ou mais tarde, nos vão cobrar. Nessa altura, os nossos filhos (e netos), terão que se ver com horários iguais aos praticados pelos chineses (serão eles os patrões das multinacionais onde trabalharão), com direitos iguais aos líbios e costumes como os que Hugo Chavez impõe.
Sei que as gerações futuras não nos vão perdoar, por permitirmos que gente desta ficasse 6 anos (ou mais) à frente dos destinos deste país, ainda por cima, a hipotecar décadas de desenvolvimento.

Fazer o quê? Partir-lhe as ventas e a quem o segue com uma fidelidade canina???

Presépio dos Bombeiros Sapadores

Uma vez mais no Vale da Flores, vale a pena visitar! Nem que seja para os pequenos fazerem uma festinha nos cordeiritos.

25 dezembro 2010

Fez hoje um ano...

Ouvimos uma mensagem. Hoje tivemos outra.
Confirmem a do ano passado, AQUI!

24 dezembro 2010

Para todos...


Estou bem arranjado...

- Uma festita com meninos (muitos nem se conheciam).
- Um menino que oferece um rebuçado.
- O Sr Neco rejeita de uma forma menos delicada (pelo menos eu achei).
- Intervenho e explico que ele não gosta de rebuçados.
- "Gosto sim. Mas não gosto daqueles!" - Diz o Sr. Neco
- "Quem gosta de rebuçados, gosta de todos!" - Respondo eu irritado
- "Então tu também gostas dos vinhos todos?" - Ataca ele

Como o meu cérebro não teve velocidade suficiente, resolvi atirar-me com ele para cima dos insufláveis onde os pequenos se divertiam.

23 dezembro 2010

O Pai Natal existe!!!

O ritual de abrir a caixa de correio (cheia de publicidade e contas para pagar), foi interrompido por um envelope à moda antiga (tamanho pequeno, letra manuscrita...).

Independentemente do conteúdo, o remetente já me deixou com um sorriso de "orelha-a-orelha".
Mas foi uma grande prenda de Natal (provavelmente das melhores).
O meu Jorjão é uma máquina e tem um coração do tamanho do Mundo (de tal forma grande que por muito que o tente esconder, aqui e ali aparecem momentos de ternura, carinho e afecto como poucos conseguem dar).

Um abraço para os manos e boas festas aí pelos Algarves.

Já repararam na sondagem de final de ano?

Está aqui ao lado.

Estes terminaram esta semana

Acho uma pena, pois têm músicas muito bonitas...

22 dezembro 2010

Relato de um professor

«Ontem, uma mãe lavada em lágrimas veio ter comigo à porta da escola. Que não tinha um tostão em casa, ela e o marido estão desempregados e, até ao fim do mês, tem 2 litros de leite e meia dúzia de batatas para dar aos dois filhos.

Acontece que o mais velho é meu aluno. Anda no 7.º ano, tem 12 anos mas, pela estrutura física, dir-se-ia que não tem mais de 10. Como é óbvio, fiquei chocado. Ainda lhe disse que não sou o Director de Turma do miúdo e que não podia fazer nada, a não ser alertar quem de direito, mas ela também não queria nada a não ser desabafar.

De vez em quando, dão-lhe dois ou três pães na padaria lá da beira, que ela distribui conforme pode para que os miúdos não vão de estômago vazio para a escola. Quando está completamente desesperada, como nos últimos dias, ganha coragem e recorre à instituição daqui da vila - oferecem refeições quentes aos mais necessitados. De resto, não conta a ninguém a situação em que vive, nem mesmo aos vizinhos, porque tem vergonha. Se existe pobreza envergonhada, aqui está ela em toda a sua plenitude.

Sabe que pode contar com a escola. Os miúdos têm ambos Escalão A, porque o desemprego já se prolonga há mais de um ano (quem quer duas pessoas com 45 anos de idade e habilitações ao nível da 4ª classe?). Dão-lhes o pequeno-almoço na escola e dão-lhes o almoço e o lanche.

O pior é à noite e sobretudo ao fim-de-semana. Quantas vezes aquelas duas crianças foram para a cama com meio copo de leite no estômago, misturado com o sal das suas lágrimas...

Sem saber o que dizer, segureia-a pela mão e meti-lhe 10 euros no bolso. Começou por recusar, mas aceitou emocionada. Despediu-se a chorar, dizendo que tinha vindo ter comigo apenas por causa da mensagem que eu enviara na caderneta.

Onde eu dizia, de forma dura, que «o seu educando não está minimamente concentrado nas aulas e, não raras vezes, deita a cabeça no tampo da mesma como se estivesse a dormir».

Aí, já não respondi. Senti-me culpado. Muito culpado por nunca ter reparado nesta situação dramática. Mas com 8 turmas e quase 200 alunos, como podia ter reparado?

É este o Portugal de sucesso dos nossos governantes. É este o Portugal dos nossos filhos.»
Claro que há pessoas responsáveis por isto, que se orgulham dos Magalhães e dos carros eléctricos...

Nuno Gomes colecciona "moncos"?

Má onda???

Esta semana parece que Coimbra é o centro dos problemas pessoais e outros que tais...
Quem será o próximo a abandonar o barco???

21 dezembro 2010

Os comentadores aqui do tasco estão de greve?

Fanatismo desportivo

Gosto muito de futebol e sou Sportinguista desde que me conheço. Raramente vou ao estádio e perco a vontade depois de ver o comportamento abjecto de algumas claques.
Sou “sportinguista” mas respeito os adversários. Não admito a ordinarice organizada.
Um popular chamar "filho da puta" ao árbitro num momento de raiva, compreendo e até posso achar graça. Uma massa organizada a cantar em coro hinos de ódio e a praticar violências sem pejo, isso nunca. Com bandeiras a lembrar suásticas? Não, não contem comigo.
Quando o Sporting joga com o Porto, o Benfica, o Setúbal ou o Anobra, quero que jogue melhor e ganhe. Não me importo muito que jogue pior e ganhe.
Não gosto é de perder, nem de ganhar com truques extra quatro linhas.
E mesmo dentro das quatro linhas, não gosto de árbitros que se “enganem” premeditadamente.
Sou ferrenho, mas tenho “fair play”.

Vem isto a propósito da discussão sobre a recente morte de Aurélio Márcio (jornalista desportivo), num site onde alguns comentadores aplaudem este desaparecimento e outros pedem a morte de Pôncio Monteiro (em coma depois de um AVC).

HAJA RESPEITO!!!

A "rapariga" tem jeitinho...

I still haven't found

20 dezembro 2010

Acabei de jantar 3 choquinhos grelhados...

Personalidades do ano 2010

Com os poderes que...

...a Constituição confere à Presidência da República, alguém tem pachorra para assistir aos debates?A única coisa que se aproveitava era ver "malhar" no "bochechas".

Orgulhoso

Fiquei assim pela atitude de um grupo dos "meus" rapazolas, ao decidirem ajudar quem menos tem.
Lá se arranjaram 2 cabazes e se entregaram a famílias necessitadas (O Rui "Nabigo" preferiu não estar em casa, pois tinha bebido uns copos à tarde e sabia o que lhe acontecia...).
Mas o mais importante foi disponibilizarem uns dinheiritos das suas semanadas e quererem voltar a repetir a experiência, não só a famílias carenciadas, mas também no giro de distribuição de cobertores e alimentos aos "sem-abrigo".
No dia seguinte falaram insistentemente nas condições miseráveis em que tantos vivem (note-se que apenas os levámos a um dos pontos - junto à Estação Nova) e no que podiam eles fazer para ajudar essas pessoas a não passar frio e fome.
A noite estava fria, mas por vontade deles, ainda agora estavam a ajudar os que mais precisam, logo eles, que já não foram favorecidos...
Parabéns "cativadores"!

Boa semana!

19 dezembro 2010

Oficinas de teatro para adolescentes e jovens

O LOUCOMOTIVA – Grupo de Teatro de Taveiro vai criar uma OFICINA DE TEATRO destinada a adolescentes e jovens com idades compreendidas entre os 13 e os 18 anos, com uma sessão semanal com duração de 90 minutos, às sextas-feiras, com início às 18,30 horas, no Auditório do Teatro Loucomotiva, Taveiro.
Prevê-se o início para o dia 7 de Janeiro de 2011, com uma sessão de apresentação do projecto aos encarregados de educação e o final acontecerá no dia 25 de Junho com a apresentação do espectáculo a preparar no decurso do 2º trimestre.
Mais informações AQUI!

Suspensórios para calças descaídas

Definitivamente, está tudo doido!

então os rapazolas decidem andar com as calças larguíssimas na cintura e completamente descaídas e um tal Andrew Lewis, decide ajudá-los, criando suspensórios que impedem que a calça caia totalmente.
Lewis confessou que teve a ideia de criar o dispositivo após notar a dificuldade dos jovens em manterem as calças na altura desejada quando subiam as escadas do metro...

Reparem que alguns até usam cintos, mas não os apertam.

"Besame mucho"

18 dezembro 2010

Outra vez a segurança no (curro) estádio da Luz

Já não é de agora que os antagonismos aparecem. Há quem lhes chame catedral e quem lhes chame inferno.
Acho que os dois estão certos, pois quando lá tinham a capela em que a mulher do presidente Manuel Damásio (Margarida Prieto) se ajoelhava perante o então capitão Victor Paneira, era bem diferente de quando um indivíduo vestido de diabo invadia o recinto de jogo, para dar uns calduços ao juíz de linha.
Mas vale tudo em tal território de ninguém. O ano passado os gorilas contratados pela agremiação encarnada provocaram no túnel os jogadores do FCP e com isso lá ganharam o campeonato (além de provocarem os jogadores do Nacional da Madeira, principalmente a sua estrela Ruben Micael).
Mas esta noite a vítima foi o milhafre que não fez a sua habitual palhaçada e, lavado em lágrimas, o espanhol Barnabé revelou às rádios a tristeza que estava a sentir, para além de lançar duras críticas as chefe de segurança do estádio.

Estou sempre a ser humilhado. O chefe de segurança Rui Pereira dificulta sempre a vida”, explicou, visivelmente consternado.
A águia “Vitória” despediu-se assim do SLB sem um último voo e ontem já pernoitou fora do Estádio da Luz.
Relatos do recinto encarnado reportam ainda que Juan Barnabé terá sido posteriormente agredido no túnel de acesso aos balneários.
A propósito de espanhóis e outras criaturas que falam castelhano... O Besiktas prepara-se para ter mais portugueses na equipa que o SLB (além do Cluj e muitas outras equipas europeias).
Ainda assim, hoje voltaram a ter um tuga em campo.

Já escolheram?


Mais uma máquina de lavar louça


16 dezembro 2010

Portugal vai precisar de ser resgatado

É uma instituição credível quem o afirma, mas não tarda o "calimero" vem dizer que é tudo uma tramóia contra ele.

"Dei cabo da minha vida toda"

"Pronto, acabei para isto!", "Oh Hélio terminei a carreira a fazer-te duas ratitas!" Nada disso! Felizmente foi apenas um susto e serviu para sabermos que quando está frio, devemos jogar à sueca e deixar o futsal.

Tenho para mim que se tratou de uma questão emocional, pois (uma equipa de "abre-latas") golear uma equipa com guarda-redes, suplentes e jogadores federados, não acontece todos os dias.
Recupera rápido que eles querem terminar os 3 minutos que faltavam (deve ser para dobrar (12-7 aos 57 minutos...). Mas não vale discussões entre o banco de suplentes e o campo.

Carlos Pinto Coelho - Aconteceu

Aprendi a gostar de noticiários, mas noticiários a sério, não daqueles em que pára tudo para saber que um jogador de futebol foi treinar (como se não fosse essa a sua obrigação e até um ritual), daqueles em que se anunciava o lançamento de um livro (não me refiro aos escritos pelos pivôts dessa estação televisiva). Sensato, se bom gosto, tornou a TV mais humanizada, fugindo à sensação que qualquer um que saiba ler teleponto pode entrar pelas nossas casas e "vomitar" notícias formatadas.

Secretismo???

13 dezembro 2010

Casa onde há "ladrão", todos ralham e ninguém...

Na medida em que ninguém nos ouve, na medida em que o partido tem quebrado todo esse diálogo”, surge em Leiria um movimento de dissidência interna do PS que se propõe avançar com uma candidatura alternativa a José Sócrates.

Máquinas de lavar louça a preço de saldo

Brilhantes a arear tachos...Estilosos nas peças mais delicadas...Trabalham bem individualmente, mas em duo são imbatíveis.
Parece que foram eleitos por aclamação e às Sextas a tarefa está (bem) entregue.
Fica um agradecimento ao fotógrafo (Kim Bom).

Quase meio século

Para as pessoas com mais de 50 anos

12 dezembro 2010

Dez anos é muito tempo...

Entrevista do então ministro José Sócrates à revista DNA do Diário de Notícias.
Dez anos depois Portugal percebe que uma vez na vida ele falou verdade - "não tenho talento e qualidades para ser Primeiro-Ministro".
16 de Setembro de 2000, ficará na história.

Outros tempos, a mesma caldeirada

11 dezembro 2010

Prémio Nobel da Paz 2011

Palpita-me que será Julian Assange, fundador da WikiLeaks.
Pelo menos já está preso...

Espanhol gay

Um espanhol, incerto de sua opção sexual, vai consultar-se com um médico...
- Doctor, tengo un problema: no sé si soy homosexual y quiero saber si usted me puede hacer un test.
- Bueno, vamos a ver. El médico le agarra un testículo y le dice: Diga noventa y nueve.
- Noventa y nueve.
- El médico le agarra el pene y le dice: Diga noventa y nueve.
- Noventa y nueve.
- El médico le mete el dedo en el culo y le dice: Diga noventa y nueve.
- Uuuuuno..... doooos........ treeees.... cuaaaatro......

(Recebida por e-mail)

Sempre agradáveis

10 dezembro 2010

Só, só, só mais um!!!

Luís Vilar, antigo vereador e ex-presidente da comissão política concelhia do PS de Coimbra, foi esta sexta-feira condenado à pena única de três anos e meio de prisão.

O antigo vereador da Câmara de Coimbra, foi condenado a 22 meses de prisão pela prática de corrupção passiva para acto lícito, por abuso de poder (18 meses), angariação de fundos não identificados para campanha eleitoral (14 meses) e por tráfico de influências (três meses).

O tribunal de Coimbra condenou ainda o arguido ao pagamento de cerca de 338 mil euros ao fisco, por vantagens patrimoniais obtidas nos cinco anos anteriores a ser constituído arguido (2006), e à entrega de 25 mil euros a duas instituições de solidariedade social, equitativamente distribuídos.
Mais um "Xuxalista" de Coimbra que é apanhado nestas andanças. Claro que a prisão efectiva não se consumará, ficando a pena suspensa.

Políticos corruptos - 0 x Professores sérios - 1

Um estudo da OCDE.

Para que servem os amigos???

Primeiro os amigos estrebucham que as escutas ao PM são ilegais e que têm que ser destruídas rapidamente (ainda que o seu conteúdo seja relevante e indiciasse crimes).
Agora, porque as escutas do PM foram destruídas, exigem a anulação de todas as outras, ficando toda a gente (Sócrates, Armando Vara, Manuel Godinho, etc...) safa e bem disposta.
Parece simples, não???

No comments


O Natal nos dias de hoje

09 dezembro 2010

Adaptação de um mail recebido

Sabem que ao abrigo do mecenato as doações para IPSS são em parte dedutíveis no IRS?
Nas campanhas do CD da Leopoldina, Popota, arredondamentos, etc..., doamos mas não pedimos recibo. Ora como é o grupo Sonae a juntar a massita de todos nós, pode no final orgulhar-se do que conseguiram juntar (o nosso dinheiro) e ainda ver essas doações deduzidas nos seus impostos.

É extraordinário como é fácil fazer grande caridade com o dinheiro dos outros!!! Pedem-nos "apenas" dois euros e fazem-nos o favor de doar um para a caridade. Claro que quem aparece a doar no final vários milhares são os donos dos grandes armazéns ... com o nosso dinheiro!!

Reparem no que diz o site de um desses supermercados: "Nestes últimos três anos conseguimos angariar (...) um montante superior a um milhão de euros, " .... Extraordinário realmente, sobretudo se pensarmos que esse milhão de euros foi automaticamente deduzido dos impostos desta empresa .... como se fosse dinheiro deles e não nosso.

Pessoalmente, porque já ouvi vários relatos de desperdícios e dinheiro que não chega na totalidade ao seu destino final, prefiro contribuir directamente para este ou aquele miúdo, que mais necessite no momento (Sim, nem todos necessitam igualmente).
Se mais alguém estiver interessado em oferecer directamente um casaco quentinho, umas sapatilhas ou outros bens necessários, garanto-vos que vão direitinhos para quem deles necessita (até porque serão vocês a entregar).

O "Cangas" (e a rua "raposa") sabem...

Sardinha e bacalhau assados...
Sorda (papas laberças) - 3 "prataditas".
A sobremesa ainda estava morninha...

Nos Açores é que é bom

Parece que o "Xuxalista" Carlos Cesar não quer que os cortes salariais tenham a mesma aplicação no "seu" arquipélago.
Vamos ver como reage o camarada "Sócas"...

Quando haviam "slows"

08 dezembro 2010

Na Ribeira não aconteceu???

A delegação do PS de Coimbra gastou mais de 50 mil euros a pagar quotas a militantes para estes poderem votar.

O pagamento das quotas tinha uma condição: votar em Mário Ruivo, que ganhou a eleição da distrital por apenas dois votos. Houve casos de militantes que pagaram as suas quotas e depois perceberam que afinal já tinham sido pagas.

http://www.sabado.pt//Multimedia/Videos/Politica/FOTOGALERIA-(NAO-MOVER-SO-COPIAR).aspx

S. Lyon B.

Pensava que eram apenas as avestruzes que enfiavam a cabeça na areia (parece que os milhafres também o fazem).

Tirando esta excepção, parece que é normal uma equipa que se reforçou para atacar a Liga dos Campeões, ser salva nos últimos minutos (por um adversário) de ser arredada das competições europeias num grupo tão fraquinho.

Para os interessados, podem mandar um postal de aniversário (28 de Maio) e agradecimento a este senhor.

Uma das favoritas do Zeca

07 dezembro 2010

Mesmo não sendo professores...

... certamente reconhecem a injustiça que as duas notícias de capa mostram: mais penalizações para os professores e manutenção de ordenados e reformas aos amigos "xuxas".

Entretanto, graças ao encerramento de escolas e à fusão de agrupamentos, ficaram sem aulas mais do dobro das crianças.

É impressão minha ou...

... se o jogador do Setúbal não falhasse o penalty à segunda tentativa, ainda agora lá estariam até que tal acontecesse???